Contrato de venda: 4 pontos para você observar antes de assinar!

Diante dos valores elevados e da grande complexidade da maioria das transações do mercado imobiliário, elaborar um excelente contrato de venda é uma atitude indispensável para quem quer evitar dores de cabeça no futuro. Por isso, é muito importante conhecer alguns pontos a observar antes de assiná-lo!

O fato é que essa tarefa não é das mais simples, sobretudo, para quem não é um profissional do setor, mas, com algum conhecimento de causa e um pouco de cuidado, é possível reduzir as chances de problemas. Confira o conteúdo que preparamos sobre o tema e descubra como fazer isso.

1. Os principais detalhes

Os primeiros dos pontos para você observar antes de assinar o contrato de venda são os detalhes do imóvel, afinal, qualquer erro nas informações pode causar sérios problemas no futuro e, até mesmo, invalidar a transação. Comece com os dados pessoais, como nome, CPF, RG, estado civil e endereço — e isso vale para o comprador e o vendedor.

Depois, cheque a correção das características da propriedade, como a metragem, a localização exata (com estado, cidade, bairro, rua e número), preço, detalhes especiais, a matrícula do imóvel e o cartório no qual ele está registrado. Somente depois dessa verificação é que você pode dar a sua assinatura sem medo.

2. A vistoria do imóvel

A vistoria é outro dos pontos para você observar antes de assinar o contrato de imóveis. Ela não é apenas essencial para trazer mais segurança e transferência para a negociação, como também é indispensável para que não haja nenhuma dor de cabeça no futuro. Portanto, não pule essa etapa.

É muito importante, no ato da assinatura, que o comprador já tenha feito, junto a um profissional de confiança, a vistoria. Isso ajuda a garantir que os termos do descritivo em anexo ao acordo sejam fidedignos e todos os demais detalhes estejam em consonância com a realidade.

3. A quitação das cotas condominiais

Uma vez que o comprador finalize o processo de aquisição de uma unidade, todas as dívidas existentes da propriedade passam a ser de sua responsabilidade e ele pode, inclusive, ser acionado judicialmente pelos credores para que arque com essas quantias, mesmo que não as tenha contraído anteriormente.

Por isso, ainda que você seja o vendedor, apresentar a quitação das cotas condominiais é uma atitude indispensável antes de assinar o contrato. Peça uma declaração do síndico ou da administradora, afirmando que o imóvel está com o pagamento em dia.

4. O prazo de entrega 

Por fim, outro dos pontos para você observar antes de assinar o contrato de imóveis é o prazo para entrega da propriedade, que deve estar completamente vazia, tanto de pessoas quanto de objetos. Caso a negociação envolva a mobília, esses itens também precisam estar discriminados no documento.

Essas são algumas dicas para elaborar um contrato de venda adequado. Contar com um profissional competente para auxiliar nesse processo e orientar o cliente de forma que ele não cometa erros é uma atitude fundamental para quem quer evitar problemas.

Quer contar com a ajuda de quem realmente entende do setor? Então entre em contato com a nossa empresa!

Compartilhe, curta, recomende:

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.