reforma de casa

Você finalmente decidiu reformar o seu imóvel? Ótima notícia! No entanto, para que tudo saia como desejado e você não encontre problemas no futuro, é fundamental planejar cada etapa com muito cuidado.

Para aqueles que desejam vender ou alugar o local posteriormente, o ideal é contratar os serviços de um corretor. Afinal, com o apoio desse profissional, é possível manter as modificações dentro das tendências do mercado e valorizar o projeto.

De qualquer modo, se você deseja um resultado de qualidade, a escolha certa da mão de obra é o ponto alto dessa tarefa. Pensando nisso, criamos este post com todas as dicas para ajudar você a realizar a sua reforma de casa com muita tranquilidade e satisfação! Acompanhe:

1. Pesquise e peça recomendações

Não há como fugir: para encontrar mão de obra qualificada, você deverá pesquisar — e muito! Nesse caso, o modo mais simples e eficaz é procurar por recomendações. Converse com os seus amigos, familiares ou vizinhos que tenham reformado ou construído uma casa recentemente.

Essa ideia vale para qualquer segmento de atuação, como pedreiros, encanadores, pintores, marceneiros e eletricistas. Durante a sua busca, procure saber se o profissional cumpre os prazos, se entrega o espaço limpo e não comete atrasos.

Em alguns casos, o profissional também pode ser encontrado nas redes sociais, sendo essa uma ótima oportunidade para conferir os feedbacks de outros usuários.

2. Conheça outros trabalhos entregues

Após reunir algumas recomendações, é a hora de checar os trabalhos já realizados pelo profissional. Caso ele tenha um escritório, agende uma visita e confira se há trabalhos já entregues e que possam ser avaliados. Essa dica é recomendada, especialmente, para arquitetos, engenheiros e empreiteiras.

Ainda vale a pena conferir se os projetos realizados se encaixam na proposta que você está buscando para o seu imóvel. Isso é extremamente importante para esclarecer todas as suas dúvidas referentes aos prazos, valores e materiais que serão utilizados.

3. Solicite um orçamento

Antes de iniciar a reforma de casa, você deverá solicitar um orçamento detalhado. Com isso, será bem mais fácil escolher a sua mão de obra e os materiais.

Em algumas situações, você pode se deparar com uma grande variação de valores para realizar os mesmos serviços. Além disso, caso o orçamento passado esteja muito abaixo da média do mercado, desconfie! Quando se trata de uma obra ou reforma, lembre-se: “o barato pode sair muito caro”.

Para não ser surpreendido por imprevistos, tenha em mente o valor exato que você tem disponível. Se possível, converse também com os profissionais e esclareça todas as formas de pagamento. Investir em um bom planejamento é o melhor caminho!

4. Confira se a documentação está em dia

No caso de reparos simples — como conserto de fiação, troca de piso ou pintura — você não precisará se preocupar. Por outro lado, se a sua reforma de casa consiste em mudanças estruturais na área do imóvel, será preciso solicitar a fiscalização de um órgão público.

Esse é o caso dos Alvarás de Autorização e Execução, emitidos pela Prefeitura de cada região. Se essa documentação for necessária, esteja preparado para arcar com as despesas de algumas taxas e burocracia.

Outro ponto que merece atenção é se a reforma for feita em um prédio. Nessas situações, você deverá informar o síndico, bem como consultar as regras internas do condomínio. Isso evitará muitos problemas!

5. Coloque tudo no papel

Concluiu o planejamento da sua reforma de casa? Agora, só falta colocar tudo no papel! Pois é: muitas pessoas que estão realizando reparos ou mudanças estruturais em casa se esquecem de um fator essencial: o contrato.

Nesse documento, especifique os serviços a serem realizados, além do orçamento e os prazos. Monte um material detalhado para não perder nenhum detalhe. Lembre-se: o contrato é a sua maior garantia caso aconteçam imprevistos e você precise de ressarcimento.

Enfim, todos esses cuidados são extremamente necessários para evitar riscos ao seu patrimônio. Com eles, você terá resultados muito mais positivos e que, certamente, ajudarão no processo de venda ou locação!

E então, as nossas dicas sobre a reforma de casa foram úteis para você? Aproveite agora para conferir também por que é bom pensar em reformas na hora da venda!

Compartilhe, curta, recomende:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.