Corretores de imóveis: como usar as redes sociais para vender mais

Corretor de imóveis usando redes sociais

Acessadas por pessoas com os mais diversos perfis, as redes sociais têm alcance surpreendente, se bem trabalhadas. Porém, para conseguir esses resultados, o corretor que irá estrear nas redes sociais precisa ter algumas questões bem claras.

Como em qualquer outro meio de comunicar algo, existem estratégias e condutas consideradas éticas e certas e outras tidas como desrespeitosas ou “forçadas”, que devem a todo custo ser evitadas. O risco de desconhecer essas informações é ter o efeito inverso ao esperado: afugentar seu público e criar uma imagem negativa sua.

Por isso, nesse post abordamos as principais regras a serem pensadas pelos corretores que vão aderir às redes sociais.

Criação de valor

Tudo o que você postar na internet deve gerar valor para o seu cliente. Ou seja, para que suas postagens em redes sociais sejam atraentes, é importante que elas satisfaçam alguma necessidade do público que vai consumir seu conteúdo. Tudo deve ser bem pensado para transmitir a mensagem que você deseja.

Imagem, texto e até mesmo links apontado para seu blog ou site devem estar plenamente alinhados ao objetivo final: levar uma excelente oportunidade de negócio à sua rede de contatos.

Conteúdos leves

Como regra geral, propagandas forçadas, com chamadas agressivas (como “imperdível”, “só hoje”, “ocasião única”) têm um péssimo efeito sobre usuários das redes sociais, pois a maior parte do público já está saturada de propaganda.

Por isso, ao criar sua fanpage no Facebook, seu blog ou seu perfil no LinkedIn, adote uma linguagem natural. A cortesia com que você trata seus clientes no contato interpessoal deve ser estendida às mídias sociais. Afinal, no universo online e fora dele, a sua proposta dever ser coerente e transparecer suas qualidades, em especial ética e cortesia.

Regras de ouro das redes sociais

Não existe fórmula para ter sucesso nas redes sociais, mas algumas estratégias já foram testadas e estabelecidas como as melhores práticas. Confira algumas delas:

Crie conteúdo relevante ao seu público

Conteúdos que nada têm a ver com sua rede de contatos farão com que ela diminua drasticamente e em pouco tempo. Redes sociais se formam por afinidades, então cuidado com seus links e postagens. Certifique-se que eles estão de acordo com o que seu público pode considerar relevante.

Saiba qual rede social é mais adequada

Estude rapidamente as opções antes de criar seu perfil em uma rede social para saber qual é melhor para você. Além de cada uma ter um público diferente, elas também têm suas especificidades: o Twitter tem um caráter mais curto e imediato do que o Facebook, por exemplo, enquanto o Instagram é a rede mais indicada para trabalhar com imagens.

Faça um trabalho a longo prazo

Use sua criatividade, inove, seja perseverante e, principalmente, faça um trabalho coerente, pensando no longo prazo. Não é de uma hora para outra que seu post no Facebook ou seu blog vai bombar e receber um milhão de curtidas. É preciso que todas as postagens sejam planejadas com um objetivo em mente, que deverá ser construído aos poucos.

Siga a regra do 80-20

Ela se traduz da seguinte forma: 20% dos seus contatos — ou seguidores — serão responsáveis pelos outros 80% de audiência que você terá, ou seja, irão espalhar seu conteúdo e multiplicar a visibilidade dele. Ao criar sua fanpage, blog ou outro canal de interação social, tenha isso em mente. Convide os clientes satisfeitos com sua atuação, e você verá que, com o tempo, mais e mais pessoas farão contato pela internet.

Viu como corretores de imóveis podem, com um pouco de estratégia e conhecimento, incrementar suas vendas usando as redes sociais? Para continuar por dentro das novidades que preparamos para corretores, assine nosso newsletter!

Compartilhe, curta, recomende:

Deixe um comentário