Comprar ou alugar, qual o melhor?

imagem ilustrativa de comprar ou alugar

Ter uma casa própria é um dos grandes sonhos da maioria dos brasileiros, porém muita gente se questiona sobre o que vale mais a pena na hora de fazer o planejamento financeiro: comprar ou alugar.

Vários cálculos apontam que optar pelo aluguel pode ser, em princípio, mais vantajoso. Mas é preciso pensar no longo prazo. Trata-se da construção de um patrimônio e de evitar a vulnerabilidade financeira em momentos de crise.

O post de hoje vai apresentar alguns pontos a considerar por que comprar um imóvel é uma melhor escolha de longo prazo. Confira!

Morar de aluguel não significa independência

É comum relacionar um teto com independência, mas optando pelo aluguel você sempre estará sujeito a mudanças rumos imposta por terceiros: o corretor, a administradora de bens, o proprietário, o fiador… Em um mercado movimentado, pode ocorrer de você ser forçado a mudar-se quando menos lhe interessa, por exemplo. Além do que, problemas durante a vigência do contrato de locação não são incomuns.

O ideal é ter sua própria casa o mais rápido possível, afinal, ela é uma peça importante na construção da sua independência!

Fazer obras e decorar imóvel alugado significa investir no patrimônio alheio

Pode parecer pouco, mas ter a sua própria moradia significa muito! Você pode montá-la e decorá-la da forma que quiser, sem ter que se preocupar em ter que desmanchar benfeitorias por exigência de proprietários.

Além disso, é mais provável que sua mobília se conserve mais tempo com você, evitando as sucessivas perdas decorrentes das frequentes mudanças.

Poupar dinheiro se torna mais fácil

Muita gente tem dificuldade em guardar dinheiro. Adquirir uma casa própria o obrigará a uma espécie de “poupança forçada”, afinal, é necessário pagar as parcelas do imóvel. Então, parte da sua renda sempre terá que ser reservada para isso.

O compromisso com o financiamento de um imóvel ainda lhe obriga a controlar melhor os gastos e tratar com mais responsabilidade o seu dinheiro. Isso trará benefícios para você e para sua família, pois você estará efetivamente formando um patrimônio pessoal.

Um imóvel próprio confere segurança na velhice,  e estabilidade em momentos de crise

É claro que ter que pagar parcelas do financiamento em períodos de crise é tão complicado quanto pagar o aluguel. Mas já ter uma casa própria quando a família estiver formada e a aposentadoria vier, traz uma grande segurança para todos.

Com o tempo, é comum a diminuição no ritmo de trabalho e renda, e ter um teto garantido acaba virando uma das maiores seguranças da pessoa.

Além disso, é possível vender o imóvel em situações de extrema necessidade financeira ou utilizá-lo como pré-investimento ou poupança para comprar um imóvel mais valioso no futuro.

Construir um patrimônio é importante

Ter um imóvel próprio e quitado significa que você terá algo para deixar para seus filhos, e essa é uma das preocupações bastante comuns para aqueles pais e mães de família. Ter um bem para deixar para a próxima geração amplia a sensação de segurança que os pais acreditam necessário dar aos filhos.

Comprar um imóvel no momento certo é imprescindível

A situação econômica e política do país é favorável para a aquisição de um imóvel, visto que não há muitas pessoas comprando e ficou mais fácil conseguir descontos com os vendedores. E o fato de existirem mais opções de imóveis disponíveis no mercado, é possível encontrar um que vai se adequar bem às suas necessidades e ao seu orçamento.

Viu? Existem várias vantagens na aquisição de um imóvel, então pode ser mais interessante comprar em vez de alugar! Claro que é importante se planejar financeiramente, ser cauteloso com a assunção de compromissos de longo prazo, e contar sempre com a ajuda de profissionais e empresas especializadas.

Gostou das nossas dicas? Conseguiu decidir se é melhor comprar ou alugar um imóvel? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de outros conteúdos como este!

Compartilhe, curta, recomende:

Deixe um comentário